Richarlison atribui má fase à “pessoas que só estavam de olho no meu dinheiro”

Data:

O campeão olímpico Richarlison, atual camisa 9 da seleção principal de futebol do Brasil, falou em entrevista, após o jogo contra o Peru, sobre as dificuldades que tem enfrentado nos últimos meses. Não é só o jejum de gols que tem tirado o sono do jogador.

“Passei por um momento turbulento nesses últimos cinco meses fora de campo. Agora as coisas já estão certas dentro de casa. Pessoas que só estavam de olho no meu dinheiro saíram de perto de mim. Agora as coisas vão começar a fluir, tenho certeza que vou pegar uma sequência boa no Tottenham e fazer as coisas acontecer novamente”, explicou.

- Advertisement -

O jogador de 26 anos, que joga no Tottenham, vem sendo alvo de questionamentos sobre o momento que vive com a camisa da seleção – já são oito partidas sem gols. Ontem, contra o Peru, Pombo até chegou a balançar a rede, mas o gol foi anulado.

“Fiz o gol, infelizmente não valeu. […] Estou feliz de voltar a vestir a camisa da Seleção, estar jogando, feliz. Mas faz parte do futebol, é continuar trabalhando duro, as coisas vão acontecer novamente para mim. Sei do meu potencial”.

Na última sexta-feira (8), em jogo contra a Bolívia, no Mangeuirão, em Belém, Richarlison chegou a chorar após ser substituído.

“Agora é como eu falei, procurar ajuda psicológica. Tem um psicólogo lá na Inglaterra para me ajudar. Acho que é importante estar bem focado, para as coisas começarem a acontecer”, concluiu o atacante.

O próximo compromisso da seleção brasileira será dia 12 de outubro, quando enfrentará a Venezuela, em Cuiabá. Depois, viajará para Montevidéu para encarar o Uruguai.

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes