Seleção feminina de vôlei sofre virada e perde para a Alemanha na Liga das Nações

Data:

A seleção feminina largou na frente em sets, mas foi superada pelas alemãs

A seleção brasileira feminina de vôlei lutou, mas foi superada pela Alemanha na estreia da terceira semana da Liga das Nações. Nesta terça-feira, 4, as alemãs levaram a melhor sobre as brasileiras por 3 sets a 2 (21/25, 31/29, 21/25, 25/20 e 15/13), em Lincoln, nos Estados Unidos.

A equipe do treinador José Roberto Guimarães tem quatro vitórias e três derrotas no torneio, ocupando o sexto lugar na tabela de classificação, com 13 pontos. O time verde e amarelo volta a jogar nesta quarta, 5 de junho, às 18h30 (horário de Brasília).

- Advertisement -

A partida desta terça-feira marcou a estreia da ponteira Natália na Liga das Nações. A campeã olímpica jogou os dois primeiros sets e foi um dos destaques da partida, com 12 acertos. Ao final do duelo a atacante falou sobre sua estreia na Liga das Nações.

“O segundo set poderia ter sido um pouco melhor no final, mas estou feliz de estar de volta. Apesar de não ter saído a vitória, nossa equipe lutou e agora temos que pensar na partida contra a Coreia do Sul. Vamos estudar o time delas, que conta com a Kim (ponteira) nessa semana. É buscar a vitória nos próximos dois jogos”, afirmou Natália.

A oposta Paula Borgo foi a maior pontuadora entre as brasileiras, com 21 acertos. A ponteira Gabi e a central Bia também tiveram boas pontuações, com 14 e 13 pontos, respectivamente. Pelo lado da Alemanha destaque para a oposta Lippmann, maior pontuadora do confronto, com 29 acertos.

O treinador José Roberto Guimarães lamentou as chances desperdiçadas pelo time brasileiro e o número de erros no quinto set.

“Ainda precisamos melhorar tanto no bloqueio como na defesa. Fizemos um bom primeiro set e no final do segundo sofremos no passe. Voltamos a jogar bem no terceiro set e no tie-break cometemos mais erros do que a Alemanha, principalmente nos contra-ataques”, analisou José Roberto Guimarães.

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes