Pai de Novak Djokovic volta a polemizar: “Não aceitam que ele é o melhor”

Data:

Conhecido por suas polêmicas declarações, Srdjan Djokovic, pai de Novak Djokovic, voltou a causar reboliço na imprensa por conta de novas falas. Ele disse que, apesar dos feitos do filho, não aceitam que ele é o melhor do mundo.

“Eles não conseguem admitir que ele é o melhor do mundo”, disse Srdjan em entrevista ao Sportal. “(Roger) Federer era o recordista com 310 semanas, quando Novak alcançou isso disseram que Steffi Graf tinha mais de 370 semanas (377), então ele conseguiu isso também. Agora a imprensa vai inventar que alguém antes da Era Aberta ficou no topo por 500 semanas”, disparou Djokovic pai

- Advertisement -

Querem então que ele alcance estas 500 semanas?”, cutucou Srdjan, que também lembrou do começo do filho no tênis, precisando superar muitas adversidades para conseguir continuar. “Estava sem clube, sem cidade, sem país, sem ninguém. Não tinha dinheiro para pagar um treinador para acompanhá-lo”, contou o pai do número 1 do mundo.

Ele afirma que foi o principal responsável por incutir em Novak a crença de que poderia se tornar o melhor: “Durante muito tempo, nem minha esposa nem ele acreditaram no que eu acreditava. Que não seria o segundo, quinto ou 17º, mas sim o número 1 do mundo. Isso estava de alguma forma gravado em seu ser, na essência e na existência como jogador de tênis”, afirmou o confiante Srdjan.

Novak Djokovic defende o pai

O pai de Novak Djokovic já se envolveu em grandes polêmicas por conta de suas declarações. Em janeiro deste ano, ele declarou apoio à Rússia na guerra contra a Ucrânia, o que levou o número 1 do mundo a sair em defesa do pai.

Meu pai, minha família e eu passamos por diversas guerras durantes os anos 90. Como meu pai declarou, nós somos contra guerra, nunca iremos apoiar qualquer tipo de violência ou guerra. Nós sabemos como é devastador para uma família, para as pessoas de qualquer país que passa por uma guerra“, defendeu Novak Djokovic.

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes