Apesar de vitória, Andy Murray diz que poderia ter sido melhor

Data:

Nova York (EUA) – Apesar de enfrentar o cabeça de chave 24 logo na estreia, o britânico Andy Murray conseguiu avançar na chave do US Open, derrotando o argentino Francisco Cerundolo em sets diretos. O ex-número 1 do mundo fez uma análise geral positiva da partida, mas lamentou ter oscilado um pouco em certos momentos, o que acabou esticando a duração do jogo.

“No começo estava tudo bem, mas no final estava ficando muito quente e úmido. Acho que fiz um bom trabalho lá, poderia ter fechado alguns sets mais rápido, mas no geral foi um desempenho sólido. Não é fácil entrar em uma partida em melhor de cinco sets nessas condições, ainda mais depois de como as últimas semanas foram para mim”, disse Murray, lembrando os problemas com as cãibras que tem encarado.

- Advertisement -

Seu próximo rival será o tenista da casa Emilio Nava, que precisou de cinco sets para bater o australiano John Millman. “Bati com ele alguns dias atrás, então foi bom entrar na quadra com ele. Vi um pouco de sua partida hoje, mas na verdade estar na quadra com alguém e sentir seus golpes é útil quando você não o conhece muito bem. Verei alguns vídeos e outras coisas do jogo de hoje, pois certamente há muito mais do que mostrou alguns dias atrás”, comentou.

Murray falou também sobre o retorno da parceria com Ivan Lendl. “Acho que mudou em termos de como treinamos, isso mais por necessidade em proteger meu corpo e coisas do gênero à medida que envelheço. Ele obviamente passou por isso em sua carreira e sabe que é preciso fazer ajustes nos métodos de treinamento e tudo mais. Mas tirando isso, nada mudou desde a última vez que trabalhamos juntos”.

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes

Leia também
Relacionados

Jannik Sinner desiste dos Jogos Olímpicos por problemas de saúde

Atual número 1 do mundo, o italiano Jannik Sinner...

Bia Haddad Maia relata perda de mala e desabafa: “Preciso dela para as Jogos”

A tenista brasileira Bia Haddad Maia usou as redes...

Final entre Djokovic e Alcaraz em Wimbledon terá o ingresso mais caro da história; veja valor

Assim como ano passado, Novak Djokovic e Carlos Alcaraz...

Onde assistir ao vivo Novak Djokovic e Lorenzo Musetti na semifinal de Wimbledon

O sérvio Novak Djokovic reencontra o italiano Lorenzo Musetti,...