Bruno Soares e Jamie Murray caem nas oitavas de Wimbledon

Ele foram derrotados nas oitavas de final pelo australiano John Peers e pelo eslovaco Filip Polasek em quatro sets, com parciais de 7/6 (7-5), 6/4, 4/6 e 6/4

Londres (Inglaterra) – Último brasileiro ainda vivo nas chaves profissionais de Wimbledon, o mineiro Bruno Soares seguiu os passos dos demais compatriotas e acabou eliminado do torneio. Ele e o britânico Jamie Murray foram derrotados nas oitavas de final pelo australiano John Peers e pelo eslovaco Filip Polasek em quatro sets, com parciais de 7/6 (7-5), 6/4, 4/6 e 6/4.

Peers e Polasek ainda não sabem quem enfrentarão nas quartas de final. Eles esperam pela definição da partida que de um lado terá o holandês Wesley Koolhof e o britânico Neal Skupski, terceira dupla mais bem cotada ao título, e do outro os australianos Matthew Ebden e Max Purcell, cabeças de chave número 14.

O primeiro set da partida foi parelho, mas com Soares e Murray sofrendo mais. Eles salvaram três break-points no segundo game e depois três set-points com o saque no 12º, levando a definição para o tiebreak, no qual Peers e Polasek se deram melhor e com um mini-break de diferença largaram na frente no placar.

Na segunda parcial, o mineiro e o britânico voltaram a enfrentar um break contra logo no primeiro game e no terceiro amargaram nova quebra. Bruno e Jamie até tiveram duas chances de devolver a quebra no oitavo, mas deixaram passar e viram os rivais abrir 2 a 0.

Soares e Murray até diminuíram a desvantagem e levaram o terceiro set graças a uma quebra solitária no décimo e último game, mas Peers e Polasek seguiram melhores na partida e trataram de impedir uma reação da dupla mineiro-britânica. Novamente com apenas um break de diferença, o australiano e o eslovaco levaram a quarta parcial e assim avançaram na chave.

PUBLICIDADE

Últimas notícias

LEIA TAMBÉM