Em clima de despedida, Caroline Wozniacki quer ‘aproveitar cada momento’ do Australian Open

Em clima de despedida, Caroline Wozniacki quer 'aproveitar cada momento'

Melbourne, Austrália – O Australian Open de 2020 é o último torneio da carreira profissional de Caroline Wozniacki. Campeã da competição há dois anos e ex-número 1 do mundo, a dinamarquesa estreou com vitória em Melbourne, mas conta que um dos principais desafios tem sido controlar as emoções em quadra.

“Fico feliz por ter vencido minha primeira partida aqui”, disse Wozniacki após a vitória por 6/1 e 6/3 sobre a norte-americana Kristie Ahn nesta segunda-feira. “É sempre complicado, especialmente sabendo que é o meu último torneio. Há muitas emoções, mas tentei deixar tudo sob controle e penso que fiz isso muito bem hoje”.

Em clima de despedida, Caroline Wozniacki quer ‘aproveitar cada momento’
Wozniacki ergue o troféu do Australian Open, quando conquistou o título em 2018. Foto: © Eurosport

“Acho que estou realmente tentando aproveitar cada momento”, acrescenta a jogadora de 29 anos, que aparece atualmente no 36º lugar do ranking mundial. “Você nunca sabe quando vai acabar. Ainda faltam duas semanas. Mas a cada partida que eu fizer, vou dar tudo o que tenho, porque pode ser a última”.

Wozniacki agora espera pela vencedora da partida entre a ucraniana Dayana Yastremska, jovem de 19 anos e número 21 do mundo, ou a eslovena Kaja Juvan, também de 19 anos, mas apenas 127ª colocada. A dinamarquesa só enfrentou Yastremska, para quem perdeu em Cincinnati no ano passado. “Eu enfrentei a Yastremska uma vez. Ela joga muito rápido, tenta pegar na bola mais cedo. Nunca joguei com a outra menina antes. Mas vou ter que estudar um pouco sobre as duas”.

Comentários (0)

Leave a Reply

© 2018-2020 Agência Olímpica.

Rolar para cima