Olimpíadas: COI muda ordem do desfile nas cerimônias de abertura

Agora, os países anfitriões dos jogos futuros desfilarão sempre antes do país-sede atual

Lausanne, Suíça – Em reunião na sede da entidade, o Comitê Olímpico Internacional (COI) decidiu mudar a ordem de entrada de alguns países na parada dos atletas nas cerimônias de abertura dos Jogos Olímpicos. Pela nova regra, aprovada nesta terça (3), os países anfitriões dos futuros Jogos marcharão imediatamente antes do país-sede, que tradicionalmente fecha o desfile.

Desta forma, nas Olimpíadas de Tóquio 2020, as três últimas equipes serão Estados Unidos, França e Japão. Assim, a Equipe Olímpica de Refugiados, que foi a penúltima na Rio 2016, virá imediatamente após a Grécia, primeira a entrar. Depois, os países marcham em ordem alfabética.

O objetivo do COI é aumentar a exposição e reforçar a imagem das futuras sedes. A França organizará as Olimpíadas de 2024, em Paris, e os Estados Unidos em 2028, com os Jogos de Los Angeles.

As Olimpíadas de Tóquio 2020 serão realizadas entre 24 de julho e 9 de agosto. A cerimônia de abertura será no Estádio Olímpico Nacional da cidade, que foi concluído na última semana e que será inaugurado oficialmente no fim deste mês.

Leia também

Comente esta notícia

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao continuar usando este site, você concorda com a utilização de cookies. AceitarLeia mais