Bronze na trave reitera status de Rebeca Andrade como uma das maiores da história

Data:

Neste domingo (8), Rebeca Andrade conquistou dois feitos inéditos com uma medalha só. Ao ganhar o bronze na trave, a brasileira se tornou a primeira ginasta do país com uma medalha no aparelho e também ingressou no hall das ginastas com pódios em todos os eventos da ginástica artística em Campeonatos Mundiais.

Antes de Rebeca, apenas dez ginastas, entre elas Simone Biles (EUA), Aliya Mustafina (RUS) e Larisa Latynina (URSS), conquistaram tal feito.

- Advertisement -

Com duas medalhas olímpicas, um ouro (salto) e uma prata (individual geral), Rebeca soma oito pódios em Mundiais, três ouros, três pratas e dois bronzes, sendo assim a 23ª maior medalhista da história da competição.

A lista de grandes campeãs fica ainda mais restrita quando consideramos apenas as ginastas com pódios em todos os eventos da modalidade: equipes, individual geral e finais por aparelhos. Confira a lista:

Medalhistas mundiais em todos os eventos da ginástica artística

  • Larisa Latynina (1958)
  • Natalia Kuchinskaya (1966)
  • Ludmilla Tourischeva (1974)
  • Olga Korbut (1974)
  • Ecaterina Szabo (1985)
  • Yelena Shushunova (1987)
  • Lavinia Milosovici (1994)
  • Svetlana Khorkina (1997)
  • Aliya Mustafina (2013)
  • Simone Biles (2018)
  • Rebeca Andrade (2023)

Reveja a série que deu o bronze à Rebeca Andrade no Mundial da Antuérpia

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes