Barrado na Guatemala, Brasil deve ter apenas um atleta no Pan de badminton

  • Ygor Coelho, campeão Pan-americano e maior nome da modalidade no Brasil, viajou direto do Peru para Lima, de onde partirá para Guatemala

Campinas, São Paulo – O Brasil pode ter apenas um jogador no Pan-americano de badminton, entre 28 de abril e 2 de maio, na Guatemala. Isso porque o presidente do país fechou as fronteiras para países como o Brasil, novo epicentro do covid-19.

Ygor Coelho, que está treinando em Lima, capital do Peru, deve ser o único representante brasileiro na competição, caso o país não encontre uma saída. A situação preocupa os outros 12 atletas na equipe nacional e os dirigentes da Confederação Brasileira de badminton (CBBd).

“Esse é um campeonato de sete mil pontos para o campeão. O Pan-americano é um campeonato de nível altíssimo com relação à pontuação, que impacta diretamente na classificação olímpica daqueles que estão brigando forte pela vaga que é o caso da Fabiana Silva”, explicou o presidente da CBBd, Beto Santini, em entrevista ao Olimpíada Todo Dia.

“O Ygor Coelho já está bem encaminhado, mas também é uma competição importante para ele para recuperar ritmo e por isso ele está jogando no Peru também, mas principalmente para ele poder pontuar e chegar nos Jogos Olímpicos num posicionamento de ranking bom, que é o objetivo. Estamos fazendo tudo o que é possível e impossível para colocar todo mundo lá na Guatemala”, concluiu.

Antes do Pan, os atletas do badminton deveriam disputar o Peru International, na capital peruana, que começa nesta quarta-feira (21), mas o país também fechou as portas para o Brasil. Desta forma, apenas Ygor Coelho, que viajou da Dinamarca, pôde entrar e será o único representante também. Depois do torneio, ele segue direto para Guatemala.

“A gente não conseguiu entrar no Peru e o Ygor conseguiu porque ele estava na Europa. Ele viria para o Brasil para viajar com todo o grupo, mas a gente fez uma logística diferente com ele e ele foi direto da Dinamarca para o Peru e vai direto do Peru para a Guatemala. Então a presença do Ygor é assegurada”, contou Beto.

O Pan individual de badminton começa dia 29 de abril, na Cidade da Guatemala, e vai até o dia 2 de maio.

Comentários (0)

Leave a Reply

© 2018-2020 Agência Olímpica.

Rolar para cima