Com Fernanda Borges, atletismo brasileiro é destaque nos EUA

Fernanda Borges manteve a terceira posição no ranking da IAAF e Gabriel Constantino venceu os 110m com barreiras

A lançadora Fernanda Borges faz o melhor início de temporada da carreira, em competições nos Estados Unidos, e chega ao terceiro lugar no ranking mundial da IAAF, com a marca de 63,96 m, no Torneio Internacional de Chula Vista, em San Diego. A prova foi vencida pela local Valarie Allman, com 67,15 m, recorde pessoal e primeiro lugar do ranking.

Fernanda já estava nesta posição no ranking com o resultados de 62,76 m, quando venceu a primeira das quatro competições que já fez nos Estados Unidos, o San Diego State Aztec Track and Field Invitational, em 24 de  março, com índice para o Mundial de Doha, Catar.

Em 30 de março, no 4 Titus and Ely Invitational, em Irvine, Fernanda venceu o lançamento do disco com 60,58 m, e na sexta-feira (12), no Triton Invitational, em San Diego, ficou em terceiro, com 61,02 m. Valarie Allman venceu novamente, com 64,44 m, seguida de Kelsey Card, com 61,25 m.

Fernanda Borges e seu técnico, João Paulo Alves da Cunha, estão no Camping Internacional de Treinamento e Competição, que integra o Programa de Preparação Olímpica (PPO), em Chula Vista, San Diego, Estados Unidos, desde o dia 20 de março.

“Foi o melhor início de temporada para ela. Espero que possa evoluir. Na penúltima competição aqui, lançou 63,96 m e manteve o terceiro lugar do mundo. Mesmo com a americana passando a ser líder do ranking, a Fernanda também melhorou a marca dela do ano (em 20 centímetros) e ficou em terceiro. Teve uma sequência boa – quatro lançamentos acima de 63 metros, nunca havia feito essa média. Temos mais duas competições aqui e o GP no Brasil (dia 28 de abril)”, afirmou o técnico João Paulo.

O Triton Invitational, em La Jolla, Califórnia, prosseguiu neste sábado (13), quando Alan Wolski venceu o lançamento do martelo com 72,20 m. Joe Elis, de Michigan, foi segundo (70,59m), e Erick Loomis, do St Northridge, o terceiro (67,55 m). Alan já tinha índice para os Jogos Pan-Americanos de Lima, Peru, com os 73,29 m feitos em Concepción del Uruguay, no Uruguai.

Gabriel Constantino venceu os 110 m com barreiras com a boa marca de 13:38 (1,5 m/s), terceira do mundo, e Juliana De Menis Campos ganhou o salto com vara com 4,37 m. Alison dos Santos também ganhou sua prova, os 400 m com barreiras, com 49:93.

PUBLICIDADE

Últimas notícias

LEIA TAMBÉM